terça-feira, 16 de junho de 2015

Em janeiro deste ano o criador deste blog faleceu. Sou sua esposa e coube a mim decidir o destino desta página (e o de tantas outras coisas que ele deixou). Ainda não sei quando, mas pretendo publicar o livro idealizado aqui por meu marido. Como ele afirmou que postaria um texto em dezembro, procurei o último texto escrito por ele para encerrar as publicações neste espaço. O que se segue então é um texto datado de 28 de dezembro de 2014.

LIVRO 3
A noite não tarda a clarear. Agora, toda a injustiça está controlada e não há força humana capaz de fazer voltar atrás as descobertas que se fez. Existe mais um pouco da história por se contar, algo que poderá ir para os arquivos ou não. O homem está unido ao universo pela sua mente, diferente dos outros seres, pois ele se põe a pensar. Existe no homem um estado de meditação como se fosse o fim do caminho e não o topo da pirâmide. Quando os olhos se abrem, ele enxerga tudo perfeitamente e vê que tudo se conecta e se move em expansão.
É assim que a Arte, a Arquitetura, a Medicina, a Ciência trabalha o homem sempre à frente. Muitos acreditam que as Guerras auxiliam nessa impulsão, porém, chegamos ao ponto máximo de desenvolvimento social. O que fazer com o homem e sua natureza parece ser a questão como se o próprio homem pudesse ser Deus.

Nenhum comentário: